Bom Dia Queridas Alunas! Tudo bem?

A última postagem de Sociologia da Educação 3 diz respeito ao ranking do Brasil no Pisa (Programa Internacional de Avaliação de Alunos). Segundo reportagem da Uol de 2010, a cidade de Xangai, na China, que participou pela primeira vez, obteve a melhor pontuação em leitura do exame. O Brasil ficou na 53ª posição. O exame, feito pela OCDE (Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico), avaliou em 2009 o conhecimento de cerca de 470 mil estudantes em leitura, ciências e matemática de 65 países. Neste ano, a área que teve ênfase na avaliação foi a de leitura. A pergunta para o comentário é a seguinte: por que, apesar de todo o esforço das políticas públicas, PCNs, RCMEIs, ENEM, SAEB, investimentos, etc., o Brasil está na 53ª posição no ranking do Pisa (Programa Internacional de Avaliação de Alunos)?

Saudações, Prof. FFV.

OBS. Para ajudar na reflexão vcs podem acessar os seguintes links:

Campanha “Fechar Escola é Crime”: http://www.cecmundorural.com.br/?p=235

Documentários: “Destino: Educação”

Sinopse do documentário: “Destino: Educação”

Vamos começar com uma pergunta: como fazer para a educação de qualidade chegar a todas as crianças? Para responder, nada melhor do que quem vive o dia-a-dia da educação nos países que são exemplo em educação. Vamos entrar na sala de aula, nos aproximar dos alunos, falar com os professores, ir até a casa dos estudantes para mostrar sua rotina de estudos e conversar com seus pais. Tudo para entender como em cenários tão distintos quanto a Finlândia, a Coréia, o Chile, Xangai, o Canadá e o Brasil a educação chega até quem mais interessa. O aluno. Todo aluno.
Qual a preocupação dos governos com o ensino? O que eles têm feito? E como isso se percebe na realidade e no aprendizado destes alunos? Como valorizar e capacitar o elemento-chave nesse processo, o professor? Como lidar com os sindicatos e a qualidade da educação? Quem são as pessoas que estão por trás dos bons resultados do PISA? A família tem realmente papel decisivo na educação? Por quê? Vale tudo para melhorar a aprendizagem? Qual o limite?

A série “Destino: Educação”:

http://www.futura.org.br/blog/2011/09/28/nova-serie-investiga-desempenho-dos-paises-lideres-em-educacao/

Vídeos:

Geral:
http://www.youtube.com/watch?v=AZu9QFufWaw&feature=related

Brasil:
http://www.youtube.com/watch?v=qhD1V1gqwP8

Prancha elaborado pelo arquiteto Hamilton Foz para o Assentamento Reunidas – Promissão – SP – Brasil (Fonte: Juliana Foz: http://malemolencia-juh.blogspot.com.br/)

Boa noite amig@s do Mutirão! Tudo bem?

Gostaria de convidar a tod@s para o curso de extensão temático: “Educação do Campo, Novas Tecnologias e Cultura Ambiental em Assentamentos de Reforma Agrária”. O curso tem carga horária: 16 (dezesseis) horas/aula, sendo 04 (quatro) horas de aulas teóricas e 12 (doze) horas de aula-prática (haverá excursão didática ao Assentamento Reunidas em Promissão – SP). O número de vagas é mínimo de 05 (cinco) e máximo de 40 (quarenta),  público-alvo: alunos do IBILCE/UNESP e comunidade em geral. Até lá! Prof. Fábio Fernandes Villela.

Objetivo do curso: O estudo dos assentamentos de reforma agrária adquire cada dia maior importância nos dias de hoje, especialmente no estado de São Paulo, pois trata-se de um espaço para onde convergem diversos fatores, tais como: conhecimentos populares, hábitos, usos e costumes que distinguem determinada comunidade. Trata-se de um patrimônio material e imaterial acumulado e que com o passar do tempo, poderá auxiliar no desenvolvimento de novas experiências de assentamentos de reforma agrária. A preservação dessas tradições poderá manter-se ou desaparecer em função das políticas aplicadas. O objetivo deste curso é elaborar estratégias de preservação dessas tradições através da capacitação de promotores da cultura ambiental de assentamentos de reforma agrária. Os objetivos específicos são: 1 – realizar uma análise da situação da cultura ambiental de uma comunidade, o Assentamento Reunidas, em Promissão – SP, 2 – formar promotores culturais, 3 – elaborar estratégias de preservação a cultura ambiental ao nível da comunidade, 4 – gerenciar estratégias de preservação da cultura ambiental através do uso das novas tecnologias aplicadas à educação do campo, especificamente o blog Centro de Estudos e Culturas do Mundo Rural (www.cecmundorural.com.br), do proponente deste curso.

Conteúdo Programático:

1 – Conceitos Fundamentais sobre educação do campo, novas tecnologias e cultura ambiental.

2 – Aspectos Teórico-Metodológicos da cultura ambiental do promotor cultural ao nível comunitário.

3 – Capacitação ambiental para o promotor cultural de assentamentos de reforma agrária.

4 – Estratégias de preservação da cultura ambiental através do uso das novas tecnologias aplicadas à educação do campo.

Câmpus de São José do Rio Preto

INSTITUTO DE BIOCIÊNCIAS, LETRAS E CIÊNCIAS EXATAS – STA

Rua Cristóvão Colombo, 2265, Jardim Nazareth, CEP. 15054-000, São José do Rio Preto/SP

Tel. (0xx17) 3221-2428 / (0xx17) 3221-2318 e-mail: sta@ibilce.unesp.br / www.ibilce.unesp.br

Executores: Prof. Dr. Fábio Fernandes Villela – coordenador e ministrante (16 horas) – IBILCE/UNESP.

Período e local de realização: Aulas teóricas: 03 e 10 de dezembro de 2012 (segundas-feiras) das 17h às 19h no Laboratório de Ensino da Pedagogia. Aula prática: 16 de dezembro de 2012 (domingo) excursão didática ao Assentamento Reunidas em Promissão – SP. Local de inscrição: Seção Técnica de Comunicações do IBILCE/UNESP.

ATENÇÃO PARA O PERÍODO DE INSCRIÇÕES

Período de Inscrição:

De 19 a 23 de novembro de 2012 – inscrições exclusivas para graduandos do Curso de Pedagogia do IBILCE/UNESP.

De 26 a 27 de novembro de 2012 – inscrições abertas para demais alunos do IBILCE/UNESP.

De 28 a 30 de novembro de 2012 – inscrições abertas para a comunidade em geral.

Condições para inscrição: Para os alunos de graduação do IBILCE/UNESP será necessária a apresentação de xerox do histórico escolar no ato da inscrição. Documentos necessários para inscrição: Cópia do RG, ficha de inscrição a ser preenchida na Seção Técnica de Comunicações da UNESP/IBILCE, recolhimento da taxa regulamentar da UNESP e documento que comprove atendimento ao item “Condições para inscrição”.

Custo: Será cobrada apenas a taxa regulamentar da UNESP, vigente à época das inscrições, a ser paga na Seção Técnica de Finanças do IBILCE/UNESP. Bolsas: Não há necessidade de bolsas, uma vez que o curso não prevê pagamento de mensalidades. Frequência mínima obrigatória: mínimo 70%. Maiores informações: Telefones (17) 3221-2320 ou 3221-2318.

Seção Técnica Acadêmica do Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas do Câmpus de São José do Rio Preto, 18 de outubro de 2012.

Imagem do projeto Biota Cerrado – USP – Assentamento Reunidas – Promissão – SP

APOIO: Instituto Cultural Lyndolpho Silva

http://www.iclyndolphosilva.net

Curso de Extensão: Arte, Cinema e Educação do Campo na Unesp de Rio Preto

On outubro 16, 2012, in Gepedoc, by Fábio Fernandes Villela

(Foto: W. Guimarães)

Bom Dia Car@s Amig@s do Mutirão! Tudo bem?

Gostaria de convidar a tod@s para o curso de extensão temático: “Arte, Cinema e Educação do Campo”, com carga horária de 08 (oito) horas/aula e número de vagas: mínimo de 05 (cinco) e máximo de 40 (quarenta). O curso tem como público-alvo os alunos do IBILCE/UNESP e a comunidade em geral. Saudações, Prof. Fábio Fernandes Villela.

Objetivos do curso: A vivência da linguagem visual é uma questão central para a formação de pessoas capacitadas a lidar com a interface arte, cinema e educação do campo. Os educadores são porta-vozes de visões de mundo, transmissores de comportamentos, interferindo direta e ativamente nos modos de socialização dos indivíduos e a vivência prática da linguagem visual é um pressuposto básico no cotidiano destes educadores. O objetivo principal deste curso é oferecer aos alunos do IBILCE/UNESP, especialmente os de Pedagogia, e a comunidade em geral, a possibilidade de adquirir uma vivência de linguagem visual na área de cinema e educação do campo. Os objetivos específicos do curso são:

1.Desenvolver um conjunto de conhecimentos que possibilitam a criação de propostas pedagógicas que tenham a arte, o cinema e a educação do campo como eixo que permeia e integra as diversas áreas do currículo escolar,

2. Propor maneiras de aperfeiçoar a qualidade educativa do ensino e aprendizagem das Artes Visuais na escola,

3. Compreender a educação do campo, sua pedagogia, seu “método” de ensino-aprendizagem, especialmente aplicado ao campo das Artes Visuais (Cinema),

4. Capacitar os alunos para trabalhar com as Artes Visuais tendo a filmografia sobre Educação do Campo como suporte teórico-prático.

Conteúdo:

1 – Conceitos Fundamentais de Arte e Educação.

2 – Aspectos Teórico-Metodológicos da Interface Cinema e Educação do Campo.

3 – Análise da Filmografia sobre Educação do Campo.

Executores: Prof. Dr. Fábio Fernandes Villela – coordenador e ministrante (08 horas) – IBILCE/UNESP.

Período e local de realização: de 05 a 26 de novembro de 2012, às segundas-feiras das 17h às 19h, no Laboratório de Ensino da Pedagogia do IBILCE/UNESP.

Local de inscrição: Seção Técnica de Comunicações do IBILCE/UNESP. Câmpus de São José do Rio Preto

INSTITUTO DE BIOCIÊNCIAS, LETRAS E CIÊNCIAS EXATAS – STA

Rua Cristóvão Colombo, 2265, Jardim Nazareth, CEP. 15054-000, São José do Rio Preto/SP

Tel. (0xx17) 3221-2318 / e-mail: sta@ibilce.unesp.br / www.ibilce.unesp.br

ATENÇÃO PARA O PERÍODO DE INSCRIÇÕES:

De 15 a 22 de outubro de 2012 – inscrições exclusivas para graduandos do Curso de Pedagogia do IBILCE/UNESP.

De 23 a 26 de outubro de 2012 – inscrições abertas para demais alunos do IBILCE/UNESP.

De 29 a 31 de outubro de 2012 – inscrições abertas para a comunidade em geral.

Condições para inscrição: para os alunos de graduação do IBILCE/UNESP será necessária a apresentação de xerox do histórico escolar no ato da inscrição. Documentos necessários para inscrição: Cópia do RG, ficha de inscrição a ser preenchida na Seção Técnica de Comunicações da UNESP/IBILCE, recolhimento da taxa regulamentar da UNESP e documento que comprove atendimento ao item “Condições para inscrição”.

Custo: será cobrada apenas a taxa regulamentar da UNESP, vigente à época das inscrições, a ser paga na Seção Técnica de Finanças do IBILCE/UNESP.

Bolsas: não há necessidade de bolsas, uma vez que o curso não prevê pagamento de mensalidades.

Frequência mínima obrigatória: mínimo 70%.

Maiores informações: Telefones (17) 3221-2318.

Seção Técnica Acadêmica do Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas do Câmpus de São José do Rio Preto, 15 de outubro de 2012.

APOIO: Instituto Cultural Lyndolpho Silva

http://www.iclyndolphosilva.net

Bom Dia Caros Alunos! Tudo bem?

Neste módulo da disciplina Sociologia da Educação 3, que diz respeito aos impactos da Reestruturação Produtiva na sociedade e na educação, assistimos ao filme “Billy Elliot”. O filme é ambientado nos anos em que Margaret Thatcher esteve no governo da Inglaterra. O filme tem como pano de fundo as lutas grevistas dos mineiros ingleses. Obrigado pelo pai a treinar boxe, Billy fica fascinado com a magia do balé, com o qual tem contato através de aulas de dança clássica que são realizadas na mesma academia onde pratica boxe. Incentivado pela professora de balé, que vê em Billy um talento nato para a dança, ele resolve então pendurar as luvas de boxe e se dedicar de corpo e alma à dança, mesmo tendo que enfrentar a contrariedade de seu irmão e seu pai à sua nova atividade. As perguntas deste módulo giram em torno da temática do filme: a implantação do modelo neoliberal e a resistência dos trabalhadores. Billy Elliot é um símbolo da resistência contra a implantação do modelo neoliberal (“Terceira Via”). As perguntas para o comentário são as  seguintes: como o capital e seu sistema ideológico e político de dominação se reorganizou diante da sua própria crise? De acordo com Neves (2005)*, em “A nova pedagogia da hegemonia”, quais estratégias e/ou alternativas poderiam ser usadas, atualmente, para o fortalecimento dos organismos que se opõem à educação para o consenso? Bom trabalho a todos! Prof. Fábio Fernandes Villela.

*NEVES, Lúcia Maria Wanderley (org.) A nova pedagogia da hegemonia: estratégias do capital para educar o consenso. São Paulo: Xamã, 2005.

Bom Dia Car@s Alun@s de Sociologia da Educação 1! Tudo bem?

A presença marcante da disciplina Sociologia nos diversos cursos no Brasil, especialmente na área de Educação, se caracteriza pela sua intermitência, conforme foi apresentado nos DVDs da série “Sociologia no Ensino Médio” pelos professores Amaury Cesar Moraes e Nelson Tomazi. Conforme afirmam os autores, ora por motivos políticos, ora pela tentativa de integrá-la nos conteúdos de outras disciplinas. O que fica claro atualmente é que ela desempenha um papel educativo singular. E agora, com a obrigatoriedade da sua presença no Ensino Médio, apresenta-se um enorme desafio aos educadores em torno dos fundamentos, da forma, conteúdos e temas a serem trabalhados. Quais os principais “temas”, vinculados ao pensamento sociológico clássico e presentes no filme “Koyaanisqatsi – Uma Vida Fora de Equilíbrio” (1982) do diretor Godfrey Reggio, que podem ser transformados em “temas sociológicos”? Bom trabalho a tod@s, Prof. Fábio Fernandes Villela.

Bom Dia Caros Alunos! Tudo bem?

Gostaria de convidar a tod@s para a IV Jornada de Estudos Pedagógicosda Faculdade Aldete Maria Alves (Fama) de Iturama – MG  cujo tema será: “Educação Informal, Formal e Não-Formal e a Atuação do Pedagogo”. O evento será realizado nos dias 04 e 05 de junho.  A IV Jornada de Estudos Pedagógicos é um evento organizado pelo Prof. Esp. Anderson José de Paula e coordenado pela Profa. Mestranda Naime Souza Silva. O evento ocorrerá no Sindicato Rural (SPRI) e na Faculdade FAMA. A realização do evento parte das experiências vividas pelas alunas do 7º semestre de Pedagogia da FAMA a partir da disciplina “Educação em espaços não escolares” ministrada pelo Prof. Anderson José de Paula.

As inscrições poderão ser realizadas na FAMA com as alunas do 7º semestre de Pedagogia ou na data do evento, no local de realização. Valor de inscrição: R$ 15,00, Certificado: 10 horas. Mais informações no (34) 3411-9700 com Naime Souza Silva.

PROGRAMAÇÃO DO EVENTO

Local da Apresentação Musical e das Palestras: SPRI – Sindicato Rural

Data – 04/06/12 às 19h

Apresentação Musical: Grupo Coral: “Quem canta seus males espanta” (Alunos da Faculdade Aldete Maria Alves – FAMA e convidados)

Data – 04/06/12 às 19h30m

Tema: Educação Informal, Formal e Não-Formal e a atuação do Pedagogo: caminhos possíveis

Palestrante: Prof. Dr. Fábio Fernandes Vilella (UNESP – Ibilce – São José do Rio Preto)

Data – 04/06/2012 às 21h

Tema: Atuação do Coordenador Pedagógico no Terceiro Setor e na Educação Formal: desafios

Palestrante Pedagoga Esp. Adriana Barbosa O. Marrega (Fundação Credirama Viva / Anglo)

Local dos Relatos: sala 6, 7 e 10 – Escola Municipal Dalva Barbosa Garrido

Relato de experiência

Relatoras: Graduandas do 7º Semestre de Pedagogia

Data – 05/06/12 às 19h

I.E.P. – “Saúde e Qualidade de Vida” (Pedagogia Comunitária – Sala 06)

Casa da Memória – “Resgate histórico ituramense” (Pedagogia Social – Sala 07)

Data – 05/06/12 às 21h

C.V.T. e Projeto Pérola “Eu faço a diferença” (Jornada Ampliada – Sala 06)

CRAS – Projovem – “Combatendo a violência escolar” (Pedagogia Social – Sala 07)

Biblioteca Municipal e Projeto Pequeno Jardineiro – “Leitura em ação” (Jornada Ampliada – Sala 10)

O Curso de Pedagogia do Ibilce – Unesp – Rio Preto

On abril 11, 2012, in Coord, by Fábio Fernandes Villela

Bom Dia Futuros Alunos da Pedagogia – Ibilce – Unesp – Rio Preto!

Tenho recebido diversos pedidos de informações sobre o curso de Pedagogia do Ibilce – Unesp – Rio Preto. Segue abaixo algumas informações gerais sobre nosso curso.  Alguns sites importantes da Unesp são:

1) A página do Departamento de Educação do Ibilce – Unesp – Rio Preto:

http://www.ibilce.unesp.br/#156,156

2) A página com informações sobre a Estrutura Curricular:

http://www.ibilce.unesp.br/#1450,1451

3) A página do nosso Instituto - Ibilce –  Unesp  – Rio Preto com mais informações:

http://www.ibilce.unesp.br/

4) O Portal da Unesp:

http://www.unesp.br/

Acredito que nesses sites vcs encontrarão todas as informações que buscam sobre a nossa Universidade. Um grande abraço a tod@s! A gente se vê na Pedagogia – Ibilce – Unesp! Prof.  Fábio Fernandes Villela.

Informações Gerais sobre a Pedagogia – Ibilce – Unesp – Rio Preto

O curso de Pedagogia do Ibilce – Unesp – Rio Preto é gratuito e ministrado no período noturno. Teve seu início em 2004 e compreende diferentes áreas do conhecimento, concentrando-se nos estudos referentes à educação, com atividades teóricas e práticas. Integram o currículo disciplinas como: Filosofia, Psicologia, História, Sociologia, Didática, Metodologias do Ensino Fundamental e Médio, Alfabetização, Métodos e Técnicas de Pesquisa, Estágios Supervisionados, entre outras. A profissão é regulamentada pela Lei de Diretrizes e Bases 5.692, de 1971 e por estatutos estaduais do magistério.

O papel do pedagogo, hoje, é bastante amplo. Cabe a ele, por exemplo, atuar na formação de professores e no planejamento e funcionamento de cursos, escolas e instituições de ensino de uma forma geral. É o único profissional habilitado – por lei e formação – a preparar, administrar e avaliar currículos, orçamentos e programas escolares, além de poder atuar em atividades de pesquisa.

O mercado de trabalho para o pedagogo é amplo. Ele pode trabalhar em escolas públicas e particulares de Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio, empresas – no treinamento de pessoal – clínicas psicopedagógicas, Delegacias de Ensino e escolas para alunos especiais. Se quiser preparar-se para o Ensino Superior, o pedagogo pode realizar cursos de pós-graduação em Educação, Psicologia da Educação, Educação Especial e demais áreas das Ciências Humanas.

O curso de Pedagogia do Ibilce – Unesp – Rio Preto tem uma estrutura curricular abrangente, capaz de abordar todas as teorias pedagógicas que fazem parte da Educação. Os profissionais graduados nessa área podem atuar na pré-escola, primeiros anos do Ensino Fundamental e também nos programas de alfabetização de adultos.

Com duração de quatro anos, o curso de Pedagogia da Unesp do Rio Preto  tem sua importância reconhecida pela LDB (Lei de Diretrizes e Bases da Educação) e prepara de forma conceituada os estudantes para a docência. O mercado de trabalho do pedagogo não se restringe a sala de aula, ele também pode ocupar cargos de coordenar ou diretor da escola, assumindo assim atividade de supervisão e administração.

A Pedagogia do Ibilce – Unesp – Rio Preto já ficou em 2ª lugar no ENADE (Exame Nacional de Desempenho de Estudantes do MEC), um formador de educadores focado nos mecanismos de aprendizagem e na didática das aulas. Ao longo dos anos de faculdade, o estudante faz estágios para colocar em prática os conhecimentos teóricos e desenvolve dinamismo em contato com as crianças. O curso de pedagogia é oferecido pelos campus de Araraquara, Bauru, Marília, Presidente Prudente, Rio Claro e São José do Rio Preto (a maioria no período noturno).

Entre as inovações propostas pela Unesp nos últimos anos, destaca-se o curso de pedagogia da Univesp (Universidade Virtual do Estado de São Paulo). A graduação a distância nessa área é possível devido a moderna estrutura didática da Univesp. A plataforma de aprendizagem é adepta a tecnologias inovadoras, fornecendo desse modo materiais modernos para complementar as aulas.

Em 2012, serão preenchidas aproximadamente 1.500 vagas para o curso a distância de pedagogia Unesp, sendo que os pólos para as aulas estão distribuídos em 21 cidades paulistas. Com duração de três anos, o curso conta com o apoio do Governo e visa habilitar os professores da educação infantil. Para se tornar um aluno do curso a distância é necessário ser aprovado no processo seletivo.

Aniversário do Ibilce – Unesp – Rio Preto

On abril 10, 2012, in Coord, by Fábio Fernandes Villela

(Ibilce – Unesp – Campus de São José do Rio Preto)

Bom Dia Caros Alunos! Tudo bem?

No dia 10, terça-feira, o câmpus de Rio Preto da Unesp – o Ibilce (Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas) – completou 55 anos,  e foi realizada uma série de atividades, abertas também à comunidade externa, com o objetivo de relembrar a história da instituição e de debater o papel da universidade. Segue abaixo maiores informações sobre a programação. Saudações, Prof. Fábio Fernandes Villela.

Programação

O dia do aniversário contará com palestras e mostras de arte que relatam a história do Instituto; lançamento de livros também marca a data.

As ações celebrativas começam às 8h30 no saguão do prédio principal do Ibilce, com a apresentação da Bateria Psicoteria, seguida do hasteamento de bandeiras no jardim central. Depois, no Auditório A, será realizado o lançamento do livro Reforma Universitária: Interações Conflitantes, da professora aposentada Zuleika Aum Attab (Pedagogia), e da obra Probióticos e Seus Efeitos Terapêuticos na Saúde Humana, da professora Ana Lúcia Barreto Penna (Engenharia de Alimentos) em coautoria com as alunas de pós-graduação Janaína dos Reis, Sabrina Casarotti e Aline de Paula.

Após a pausa para o coffee-break, entrará em cena a mesa-redonda “Ibilce 55 anos”, com a presença da professora Hermione Elly Melara de Campos Bicudo (Biologia) e do professor Carlos Daghlian (Letras), ambos professores eméritos – título atribuído pela Unesp aos docentes aposentados que alcançaram posição eminente no ensino e na pesquisa –, e do professor Wilson Maurício Tadini (Matemática), diretor entre 1994 e 1998, que foi o primeiro diretor ex-aluno do Instituto.

Durante todo o dia, estará exposta no saguão a mostra de pintura óleo sobre tela intitulada “O Ibilce”, do artista plástico e chefe do setor de gráfica, Maurício Borim. Uma mostra com fotos antigas do Ibilce também será instalada. O objetivo de ambas as exposições é contar a trajetória do Instituto por meio de imagens que resgatam o seu passado.

Já na parte da noite, será ministrada uma palestra pelo professor José Arana Varela, diretor-presidente do Conselho Técnico da Fapesp e titular do Instituto de Química da Unesp de Araraquara. Com o título “A produção científica e sua transferência para a sociedade”, a palestra será realizada às 19h30 no Auditório A.

A vice-diretora da Unesp Rio Preto, Maria Tercília Vilela de Azeredo Oliveira, afirma que a comemoração será uma forma de aproximar mais o Ibilce da comunidade rio-pretense. “Essa valorização do passado é fundamental para mostrar aos mais jovens os principais acontecimentos do Ibilce ao longo de sua história e a forma como eles impactaram na nossa sociedade, além de apresentar os caminhos que ele tomará”.

Livros

Com prefácio do professor Aziz Nacib Ab’Saber, reconhecido geógrafo brasileiro que foi diretor da Unesp de Rio Preto e veio a falecer no dia 16 do mês passado, o livro Reforma Universitária: interações conflitantes,  da professora Zuleika Aum Attab, traz um relato histórico dos conflitos em torno da reforma universitária ocorridos desde a implantação da Fafi, em 1957, os quais se arrastaram por muito tempo, mesmo após a integração da faculdade à Unesp, em 1976.

O objetivo da reforma era a constituição de um rígido sistema departamental: “Os professores que a propuseram eram visionários, mas a sociedade e alguns docentes, muito conservadores, não estavam preparados para recebê-la e concretizá-la. O interessante é que, hoje, porém, vemos resultados evidentes dessa tentativa pioneira: os cursos apresentam essa estrutura departamental”, avalia Zuleica.

A autora relata que, no período da ditadura militar, a reforma passou a ser ainda mais complicada. “Com um triste episódio de terrorismo cultural, muitos dos professores foram cassados como comunistas”, conta. Essa história é lembrada com muita dor por ela, que lhes tinha grande admiração. “Meu maior orgulho em concretizar esse livro é para ele ser usado como instrumento de defesa a esses professores injustiçados”, diz.

Já a obra lançada pelas pesquisadoras de engenharia de alimentos aborda os probióticos – microorganismos vivos, capazes de melhorar o equilíbrio microbiano intestinal, produzindo efeitos benéficos à saúde humana. “Os alimentos, que contêm esses microorganismos, promovem diversos efeitos terapêuticos, como o controle da microbiota intestinal e a sua estabilização após o uso de antibióticos, o controle de infecções gastrointestinais, a melhora do metabolismo da lactose, a redução do nível de colesterol, a prevenção de diarreias e a estimulação do sistema imunológico”, explica a docente Ana Lúcia Barreto Penna, uma das autoras.

A Unesp de Rio Preto/ Ibilce

A história da instituição teve início em 1957, com a criação da Fafi (Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras), que funcionava em salas emprestadas do Instituto de Educação “Monsenhor Gonçalves”. Em 1960, a Fafi foi trasnferida para um prédio na rua General Glicério, onde atualmente funciona a Secretaria Municipal de Educação. Em 1976, com a fundação da Unesp (Universidade Estadual Paulista), é criada a nomenclatura Ibilce (Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas) para representar o câmpus de Rio Preto da universidade.

Hoje, a instituição abriga 217 docentes, 210 servidores, 2.126 alunos de graduação e 1.065 alunos da pós-graduação. São oferecidos nove cursos de graduação e onze de pós-graduação, situados nas três grandes áreas do saber: humanas, biológicas e exatas.

Programa de Estágio na Pepsico para Pedagogia

On fevereiro 29, 2012, in Coord, Não-Formal, by Fábio Fernandes Villela

Bom Dia Car@s Alun@s!

Segue abaixo as informações sobre o Programa de Estágio na Pepsico para Pedagogia. Saudações, Prof. Fábio Fernandes Villela (CCCGP).

Programa de Estágio na Pepsico

A PepsiCo acredita que investir em pessoas e desenvolver habilidades necessárias impulsiona o crescimento da empresa. Na verdade, mais do que uma crença, este é um dos nossos compromissos. Uma das ações desenvolvidas cuidadosamente para alavancar este propósito é o Programa de Estágio. Através dele esperamos: (1) atrair e desenvolver jovens de alto potencial para atender as necessidades de talentos da PepsiCo do Brasil; (2) Estabelecer convergência com o Modelo de Carreira da PepsiCo para apoiar o desenvolvimento e a transformação de potencial em performance; (3) Alavancar competitividade de mercado e o potencial de atração de talentos; (4) Cumprir papel socialmente responsável através da contratação, desenvolvimento e formação de futuros profissionais.

Pré-requisitos: Cursos: Administração de Empresas, Biologia, Bioquímica, Comércio Exterior, Ciências Contábeis, Ciências da Computação, Ciência dos Alimentos, Ciências Econômicas, Comunicação Social, Direito, Engenharia (todas), Farmácia, Marketing, Nutrição, Publicidade e Propaganda, Pedagogia, Psicologia, Química, Química Industrial, Relações Públicas, Serviço Social, Sistemas da Informação. Conclusão do curso superior entre Dezembro de 2013 e Julho de 2014. Idiomas: Inglês a partir de Intermediário e Espanhol a partir do Básico. Inscrições Abertas até 04 de Março de 2012.

Informações:

www.ciadetalentos.com.br/estagiopepsico

http://ciadetalentos.tempsite.ws/emkt/convites/atracao/pepsico/cartaz_pepsico.pdf

Aline Souza (PepsiCo/ Cia de Talentos)

Tel. (55 11) 5112 3294

Twitter: @ciadetalentos

Blog: chegamais

Facebook: ciadetalentos

www.grupodmrh.com.br

Boa Tarde Car@s Alun@s! Tudo bem?

Segue o comunicado da Secretaria Municipal de Educação. Saudações, Prof. Fábio Fernandes Villela.

I – A Secretaria Municipal de Educação (SME) comunica a abertura de inscrições para seleção de estagiários, a fim de atuarem na Rede Municipal de Ensino, através de exame seletivo, conforme as L.C. nº 212, de 29/11/05, L.C. nº 225, de 10/11/06 e L.C. nº 285, de 02/06/09.

II – Poderão participar das inscrições:

Alunos dos cursos superiores de licenciatura na área da Educação para atuarem conforme as necessidades da Rede Municipal de Ensino, em classes de Educação Infantil e das séries iniciais do Ensino Fundamental e outras atividades e ou projetos escolares, conforme atribuições do Artigo 3º, da L/C 212, de 29/11/05.

III – O estagiário perceberá uma bolsa-auxílio no valor (atual) de R$ 600,81 (seiscentos reais e oitenta e um centavos), para jornada de 06 (seis) horas diárias e auxilio transporte no valor (atual) de R$ 77,25 (setenta e sete reais e vinte e cinco centavos).

IV – As inscrições serão realizadas na Secretaria Municipal da Educação, situada na Rua General Glicério, 3947 – Bairro Redentora, andar térreo, nos dias 28, 29/02, 01 e 02/03/2012, das 09h30min às 16h30 minutos, mediante preenchimento de ficha de inscrição e entrega dos documentos – Cópias do RG e CIC; – Atestado da Faculdade constando: nome do aluno, nome do Curso, ano ou semestre que o aluno está cursando e mês/ano do término do curso.

V – Fica vedada a inscrição para candidatos que estudem em cursos que se encerram no primeiro semestre letivo de 2012.

VI – A prova objetiva de conhecimentos gerais e específicos será no dia 04/03/2012, na Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (IBILCE), Rua Cristovão Colombo, 2265, Bairro Jardim Nazareth, às 14 horas.

VII – Os alunos que apresentarem Diploma/Certificado/Atestado de conclusão do curso do Magistério ou Normal terão acréscimo de 1,0 (um) ponto na classificação, os do Curso Normal Superior ou Curso Normal Superior Infantil ou do Curso de Pedagogia, terão acréscimo de 2,0 (dois) pontos na classificação.

a) Os documentos deverão ser apresentados no momento da inscrição.

VIII – A contratação se dará conforme o número de vagas e seguirá a classificação, que será publicada no Diário Oficial do Município após a avaliação. O estagiário convocado que deixar de comparecer ao local de convocação no prazo de 3 (três) dias úteis, será considerado desistente.

IX – As contratações serão para atender a demanda das escolas da Rede Municipal, devendo o estagiário atuar no local, período e modalidade de ensino designado pelo setor responsável.

XI – Os contratos serão efetivados por período de um ano, podendo ser prorrogados uma única vez por igual período, a critério da SME. Os contratos poderão ser rescindidos a qualquer tempo quando houver inadequação de horários, atuação ou faltas excessivas.

XII – O presente processo de seleção terá validade até 10/12/2012.

 São José do Rio Preto, 16 de Fevereiro de 2012

 Profª. Drª. Telma A. M. Vieira (Secretária Municipal da Educação).