(Revista Sociologia Ciência & Vida, Edição nº 15, 2013)

Bom Dia Car@s Alun@s de Sociologia da Educação 1 – 2013! Tudo bem?

A presença marcante da disciplina Sociologia nos diversos cursos no Brasil, especialmente na área de Educação, se caracteriza pela sua intermitência, conforme foi apresentado nos DVDs da série “Sociologia no Ensino Médio” *, pelos professores Amaury Cesar Moraes e Nelson Tomazi. Essa intermitência é dada, ora por motivos políticos, ora pela tentativa de integrá-la nos conteúdos de outras disciplinas. O que fica claro atualmente é que ela desempenha um papel educativo singular. E agora, com a obrigatoriedade da sua presença no Ensino Médio, apresenta-se um enorme desafio aos educadores, diretores e gestores em torno dos fundamentos, da forma, conteúdos e temas a serem trabalhados. Quais os principais “temas” que podem ser transformados em “temas sociológicos”? Bom trabalho a tod@s, Prof. Fábio Fernandes Villela.

* Vcs podem ver alguns vídeos sobre a disciplina sociologia e seus temas, a partir do seguinte link do Youtube:

http://www.youtube.com/watch?v=UEMT5UiG6rE

Saudações, Prof. FFV.

Módulo 1 – Sociologia da Educação 1 – O Conhecimento Sociológico

On setembro 11, 2012, in SocioEdu1, by Fábio Fernandes Villela

Bom Dia Car@s Alun@s! Tudo bem?
O módulo 1 da disciplina Sociologia da Educação 1 aborda o “Conhecimento Sociológico”. Gostaria que vcs fizessem um comentário sobre a seguinte questão: “Por que para Durkheim os “fatos sociais” tem um caráter impositivo?”.  Sugiro duas atividades complementares para auxiliar a reflexão: (1) assistir ao documentário “Crianças do Consumo (ou Consumindo Crianças) – A Comercialização da Infância” e (2) visitar o site do Instituto Alana.

O documentário “Crianças do Consumo (ou Consumindo Crianças) – A Comercialização da Infância”, lançado em dezembro de 2008 pela MEF (Media Education Foudantion), nos EUA, aborda o problema do consumismo infantil naquele país. Sem dúvida faz par como o filme “Criança, A Alma do Negócio” . O filme trabalha numa perspectiva de alerta geral sobre a publicidade e as estratégias de marketing das grandes empresas no intuito de transformar as crianças e a própria infância num grande buraco negro de consumo e eixo de influência da família. O estudo demonstra o enorme volume de gastos com pesquisas e produções midiáticas direcionadas ao público infantil, comerciais e animações, fast-food, automóveis, celulares etc., que são cada vez mais, feitos olhando a criança como principal consumidora ou “aliciadora” da família, no sentido de convencer os pais sobre como e no que gastar.  Ficha técnica. Direção: Adriana Barbaro / Jeremy Earp. Lançamento: 2008. Duração:66 min.

(1) Crianças do Consumo (ou Consumindo Crianças) – A Comercialização da Infância:

http://www.youtube.com/watch?v=mLuRH7nmhy4

(2) Instituto Alana:

http://www.alana.org.br/CriancaConsumo/Home.aspx

Bom trabalho a tod@s! Prof. Fábio Fernandes Villela.