Os diversos textos discutidos em sala de aula apresentam o contexto, a implantação e o aprofundamento do modelo societário neoliberal no Brasil dos anos 90. Os textos apresentam uma contribuição para o debate sobre os rumos da formação humana e as atuais formas de dominação de classe, bem como estratégias de contra-hegemonia. As perguntas para o debate são as seguintes: quais os interesses e características da Nova Pedagogia da Hegemonia (NPH); qual influência do Terceiro Setor na disseminação da NPH brasileira; qual o papel do educador frente ao desafio da formação de intelectuais? Saudações, Prof. Fábio Fernandes Villela.

33 Comentários “Módulos 6 e 7 – Sociologia da Educação 3 – A Nova Pedagogia da Hegemonia”

  1. Bruna Tairine disse:

    Texto (5): “Quais os interesses e características da pedagogia da hegemonia?”.

    Tendo a escola como instrumento de difusão da pedagogia da hegemonia e instrumento limitador da construção da pedagogia da contra-hegemonia, onde vai criar um novo tipo de intelectual urbano e aumentar a sua capacidade técnica necessária a reprodução das relações capitalistas de produção, com vistas a “humanizar” as relações de exploração e dominação burguesa. A pedagogia da hegemonia, além de ter como interesse ampliar os direitos sociais, com o intuito da maioria da população “aprovar” o projeto burguês de sociabilidade para aumentar a produtividade da força de trabalho, ou seja, ela tem como propósito impedir o aumento do nível de consciência e de organização das classes dominadas, com o intuito de restringir o nível de consciência política da classe trabalhadora e legitimar o consenso em torno da sociabilidade burguesa.

    Texto (6): “Segundo o autor, no que consiste e como se constrói a hegemonia?” – Minha apresentação;

    Texto (7): “Qual a influência do terceiro setor na disseminação da nova pedagogia da hegemonia brasileira?”.

    Sob a Ideologia da “responsabilidade social”, o terceiro setor tinha como integrantes os institutos e as fundações ligadas aos grupos empresariais, onde foram mantidos pela burguesia em todo o Brasil. Com isso, houve o crescimento das ações diretas e indiretas das empresas no campo social, pois a “responsabilidade social” passou a integrar seus respectivos planejamentos estratégicos. Desse modo, essas empresas se aperfeiçoaram de modo a desenvolver ações de profissionalização e capacitação de especialistas para planejar, executar e avaliar os projetos sociais desenvolvidos, sob a implementação de estratégias de obtenção de consenso junto a seus trabalhadores e a sociedade em geral. Dessa maneira, é que o terceiro setor com a ideologia da “responsabilidade social empresarial”, visando fortalecer a fragmentação da vida no capitalismo, com o intuito de perpetuar os mecanismos de exploração e a redefinir a dinâmica da sociedade civil, influenciou a disseminação da nova pedagogia da hegemonia brasileira, pois esta tinha o interesse de restringir a ação da classe trabalhadora frente a ideologia burguesa e, conseqüentemente, propagar a sociabilidade burguesa. Desse modo, é que sob a mesma ótica, do terceiro setor e da nova pedagogia da hegemonia brasileira, de disseminar os interesses burgueses, bem como suas estratégias de dominação é que o empresariado atuante no Brasil modernizou-se e foi capaz de similar e traduzir para a realidade local um projeto de renovação da hegemonia burguesa, tendo capacidade de adaptação da burguesia industrial àquilo que propõe a agenda neoliberal da Terceira Via em todo o mundo e uma grande habilidade na transformação de um projeto de classe em política de Estado.

    Texto (8): “Qual o papel do educador frente ao desafio da formação de intelectuais?”.

    A base para a superação da dominação e para a construção da hegemonia é, principalmente, a formação de intelectuais, pois se destaca como sendo uma das saídas para que a classe dominada construa o seu próprio projeto hegemônico e supere as formas de exploração e opressão instituindo uma nova ordem social. Sendo assim, o papel do educador frente ao desafio da formação desses intelectuais é fazê-los pensar o real, ou seja, a realidade (dominação) em que estão sendo submetidos e a partir disso fazer refleti-los sobre as práticas e as ideologias dos dominantes, buscando a superação dessas e a construção de um campo hegemônico.

  2. Joyce Longo disse:

    Texto (5): “Quais os interesses e características da pedagogia da hegemonia?”.
    A hegemonia, segundo Gramsci, é a mudança que só pode acontecer de forma gradual e com a mobilização da sociedade civil, pois é ela que difunde a ideologia,que indica a relação entre sociedade civil e Estado.
    Hegemonia não tem relação com o conceito de “dominação”, mas sim de um complexo sistema de mediações e relações, que possuem a capacidade de direção. Pedagogia da Hegemonia baseia-se em ações realizadas na aparelhagem estatal e na sociedade civil. Essa pedagogia busca ampliar os direitos sociais, isto é, ela tem como propósito impedir o aumento do nível de consciência e de organização das classes dominadas.

    Texto (7): “Qual a influência do terceiro setor na disseminação da nova pedagogia da hegemonia brasileira?”.
    Na década de 1990 o Brasil vivenciou transformações político-econômicas com a reforma do Estado, e apresentou a nova política da Terceira Via, aplicada como estratégia do governo de solução de crise do sistema, que busca criar um novo projeto de sociabilidade por meio de uma pedagogia hegemonia e do consenso. A sociedade está imersa numa política que não é ensinada a pescar e sim a dar o peixe, assim, vem sendo debatida uma forma que faça com que essa comece a refletir, questionar e dialogar as formas que a política, economia capitalista expressam dentro da sociedade. Os mecanismos regulatórios de uma pedagogia da hegemonia apontados no texto são as ações diretas do Estado e que dizem respeito às leis de uma forma geral. E as ações indiretas do Estado que referem – se ao período das grandes empresas terem a responsabilidade social, investindo em programas para o bem estar de seus consumidores.

    Texto (8): “Qual o papel do educador frente ao desafio da formação de intelectuais?”.
    O papel do educador é divulgar estudos que são parte de projetos de intelectuais orgânicos da classe trabalhadora que faz parte da ampliação das condições de luta contra a atual fase do capitalismo. A ideologia dominante quer a todo momento fazer-se única e dar o sentido da vida para cada homem. A visão de mundo liberal tem como pressuposto a concepção da individualidade egoísta, contrária a toda ideia de coletivo, buscando hegemonizar tudo e todos. Essa concepção se apresenta como contendo em si mesma todas as possibilidades concretas da vida social; procura na prática, demonstrar o presente como já estando contido, desde sempre, na história, o que permite avançar a hipótese/projeto de sua eternidade. Assim, o processo produtivo não é determinado apenas pelas relações técnicas de produção, mas, fundamentalmente, pelas relações sociais. Essa filosofia postula a intervenção dos homens, negando sempre, toda forma de determinismo economicista.

  3. josiane castamann disse:

    texto 6 Segundo o autor no que consiste e como se constrói a hegemonia.

    R:Consiste na capacidade de uma classe social subordinar e coordenar a outra sendo estas aliadas ou inimigas trazendo para si a liderança politica,intelectual onde a moral é vista e trabalhada pela perspectiva dessa classe como por exemplo a classe trabalhadora o qual o autor se refere no texto. A hegemonia se constrói quando uma massa é capaz de pensar o presente de uma forma coerente e assim projetar um futuro com outras perspectivas de civilização intelectual e moral criando uma nova identidade dessa classe não é apenas uma construção ideológica mas sim uma nova visão de mundo que materializa a ação nunca está pronto e acabado sofre modificações sempre que estas se fazem necessárias. No texto o autor trata do mundo marxista e o liberalismo onde retrata que o liberalismo tem se reproduzido enquanto hegemonia,ou seja,tem mantido suas ideologias com predominância em todos os aspectos. Para que o marxismo seja hegemônico é necessário que se construa uma identidade para a classe trabalhadora para uma nova civilidade deixando de lado as visões pessoais e trazendo pra discussão questões concretas e reais onde o papel intelectual da classe ganha sua maior relevância eis aqui uma forma de construção de hegemonia.

    texto 5 Quais os interesses e características da pedagogia da hegemonia .

    R: Suas características se fundamentam em construir uma consciência politica que não permite ao individuo entender sua real função social,manter uma população despolitizada,refuncionalizar aparelhos privados de hegemonia da classe trabalhadora,estimular a expansão de grupos extra-económicos. O seu maior interesse é a conservação da burguesia,estimular o consenso afasta tudo que pode gerar exploração aberta,mesmo mantendo a classe trabalhadora dominada,reorganiza a relação do Estado e a sociedade de forma que predomine sempre o interesse burgues,trazendo uma politica ideológica para assegurar a dominação de classes em nível mundial e no interior de cada formação social concreta,tem como característica formar um homem coletivo em conformidade ética e técnica aos padrões da sociedade burguesa levando a todos um pensamento de que a participação no processo de desenvolvimento da sociedade é responsabilidade de cada um,como sujeitos de direitos e deveres. Um do seus principais objetivos é transformar o conceito e a realidade pratica da sociedade civil sendo algo além do Estado e do mercado um terceiro setor. A burguesia tem se empenhado em ser,alem da classe dirigente educadora de consenso onde o Estado se amplia e incorpora os aparelhos da sociedade civil.

    texto 7 Qual a influencia do Terceiro setor na disseminação da nova pedagogia da hegemonia brasileira.

    R: Teve grande influencia pois ajuda a manter a classe trabalhadora dominada e até satisfeita sem levante das lutas de classes,se torna a base da refundação do projeto burgues de sociabilidade. Uma forma que o capital encontrou para superar a crise e manter a hegemonia sobre a classe trabalhadora. O terceiro setor acabou por conseguir dirigir as ações politicas e culturais da sociedade mantendo o interesse burgues ele é constituído por organizações privadas sem fins lucrativos e mantendo o interesse da classe dominante. As ONGS e as instituições tem praticas e discursos de cidadania e solidariedade ligadas sempre na educação para garantir a formação de indivíduos com pensamentos de individualidade e capaz de trabalhar no coletivo,aumentando o voluntariado par viabilizar com mais facilidade a dominação da classe buguesa. Colabora na educação do consenso o principal aparelho utilizado para disseminar essa hegemonia são as escolas publicas,privadas ou filantrópicas o currículo é desenvolvido pelo Estado mas sofre a intervenção de orgões superiores como a Unesco,tudo isso nada mais é que uma reforma intelectual e moral do homem individual e coletivo com vistas a perpetuação sob nova roupagem da dominação burguesa e o terceiro setor tem grande colaboração ou melhor toda colaboração par que esse projeto se desenvolva sem causar prejuízos ao capital e a burguesia oferecendo a classe trabalhadora formação pra as industrias e patrocinando cada vez mais suas conquistas limitadas aos interesses de quem domina. Sua atuação se dá onde o Estado principalmente deixou de atuar assim gerando uma padronização de valores e moral disseminado assim a hegemonia necessária pra a dominação da massa e a manutenção dos seus interesses reduzindo as demandas sociais ao nível de interesses particulares transformando a sociedade civil de uma arena de lutas como Gramsci denomina para uma sociedade onde a educação para o consenso das classes subalternas mantenham de forma mais sofisticada e eficiente os interesses do grande capital.

    texto 8 Qual o papel do educador frente aos desafios da formação de intelectuais.

    R: Na minha concepção o educador tem por obrigação educar para mudanças dos paradigmas brasileiros em relação a não aceitação da dominação da burguesia tem o dever de suscitar em educando o questionamento sobre conceito s da sociedade civil atual e tudo que lhe é imposto incentivar a busca de novas descobertas e de novas formas de mudanças,não deixando que passe despercebidos os reais direitos que lhe são assegurados não perpetuando a educação de consenso mas mudando os rumos da educação brasileira,sendo esta talvez a única forma de transformarmos as relações entre burguesia e classe trabalhadora na busca de garantir seus direitos e conquistas de conhecimentos sobre os vários olhares pra um único projeto. Tem como principal função mudar os rumos da sociedade civil o qual está inserido para quebrar hegemonias formando indivíduos críticos,pesquisadores e com conhecimento vasto em varias formas de agir e pensar com a preocupação em não repassar suas próprias ideologias mas fazendo com que cada educando busque conhecer e escolher o que realmente lhe agrada enquanto ser social para assim ter a garantia que em um mesmo espaço haverá lutas divergentes,garantindo a educação do futuro de seres pensantes.

  4. Saulo Mesquita disse:

    Texto 5: “Quais os interesses e características da pedagogia da hegemonia?”.
    A pedagogia da hegemonia tem como finalidade e interesse implantar o senso de responsabilidade social aos individuos que vivem no sistema capitalista vigente. Atráves da escola se busca implantar noções de individualidade, responsabilidade e interesses que condizem com o sistemas como empreendedorismo e o modo de pensar empresárialmente.

    Texto (7): “Qual a influência do terceiro setor na disseminação da nova pedagogia da hegemonia brasileira?”.
    Atravês do pensamento do terceiro setor a pedagogia hegemônica brasileira busca trabalhar o pensamento popular, as noções de educação financeira, reponsabilidade social e formação tecnica profissonalisante (como respostas para os conflitos politco-socieconômeicos) se tornam parametros para um boa escola. Diretamente o estado serve como regulador do mercado e do consumidor, criando tendencias no interesse burguês.

    Texto (8): “Qual o papel do educador frente ao desafio da formação de intelectuais?”.
    O papel do educador é formar intectuais com visão critica e analise holistica de todo o panomarama sistemico do capital, assim ampliando os leque das linhas de pensamento que a formação hegemônica burguêsa nos oferece. Analisando as noções do individualismo, responsabilidade social e formação tecnica com outros olhos e desmitificar o determinismo economico.

  5. Franciele Baptista disse:

    5) Quais os interesses e características da pedagogia da hegemonia?
    Como o próprio nome já diz, os interesses da pedagogia da hegemonia são os de manter a hegemonia burguesa capitalista que se perpetua em nossa sociedade. De forma com que o povo não tenha consciência de que está sendo controlado por uma ideologia, que não tenha noção de que pode alterar o quadro que se apresenta, atuando como verdadeiro cidadão, consciente de seus direitos, e de que a classe dominante o explora por muito pouco.

    6) Segundo o autor, no que consiste e como se constrói a hegemonia?
    A hegemonia consiste na capacidade de determinado grupo controlar, de acordo com seu interesse e ideologia, outros grupos. No caso, poderíamos representar a burguesia como o grupo hegemônico e os trabalhadores como o grupo controlado. Ela é construída através da inculcação de suas ideologias que, caso não haja instrução de todo o grupo, são aceitas facilmente por todos sem contestações.

    7) Qual a influência do Terceiro Setor na disseminação da Nova Pedagogia da hegemonia brasileira?
    O terceiro setor está ligado à responsabilidade social, à filantropia, ao voluntariado. Seria uma forma de superação tanto do neoliberalismo quanto do socialismo; pois certas responsabilidades e/ou problemas seriam transferidos para a sociedade. Porém, esta é mais uma forma de disseminação da ideologia burguesa para a manutenção do capitalismo uma vez que quem contribui de forma filantrópica são empresas capitalistas e órgãos que fazem parte da classe dominante; assim, tem-se a falsa impressão de que está havendo uma descentralização do poder do Estado enquanto quem está tomando para si tal poder é a própria burguesia.

    8) Qual o papel do educador frente ao desafio da formação de intelectuais?
    O papel do educador é de contribuir para o fim da pedagogia da hegemonia. Ele deve, no ambiente escolar, ter a consciência de sua condição como sujeito ativo no contexto social em que está inserido para poder transmitir essa idéia aos seus alunos. O que muitos fazem, seguindo a linha do sistema, é usar a educação como meio para a manutenção da ideologia burguesa, fruto do capitalismo. O que o professor deve fazer, a meu ver, é educar seus alunos para que sejam críticos, enxerguem o problema e questionem; não excluindo e fazendo com que os filhos dos trabalhadores sejam moldados para continuar na mesma condição enquanto os filhos da classe dominante são instruídos para dirigirem o país da mesma forma que seus pais.

  6. Patricia Toledo disse:

    Texto 5 – A pedagogia da hegemonia se utiliza da escola como um meio de reprodução do modelo capitalista/burguês e instrumento para limitar o desenvolvimento de novos modelos políticos, econômicos e sociais. Assim, a pedagogia da hegemonia visa ampliar os direitos sociais para aumentar a alienação e desestimular a organização das classes dominadas. Seu maior interesse é a manutenção do sistema e legitimar a exploração e o poder da classe dominante.

    Texto 6 – A hegemonia consiste na capacidade de um grupo social se impor e subordinar os demais, que passam a legitimar essa liderança política, economica e social através de um conjunto de ações e relações.
    A hegemonia se constroi através da reprodução de valores e da adoção de um sistema que passa a ser compartilhado por todos os grupos. A escola pode ser um grande aliado na construção da hegemonia.

  7. Josy Fernandes disse:

    Texto [5]
    Para a pedagogia da hegemonia, a escola é seu instrumento de difusão e, consequentemente, limitadora da pedagogia da conta-hegemonia, criando um novo tipo de intelectual urbano e aumentando sua capacidade técnica de reprodução das relações capitalistas de produção. A pedagogia da hegemonia tem como interesse restringir o nível de consciência política da classe trabalhadora e impedir o aumento do nível de consciência e de organização das classes dominadas.

    Texto [6]
    A hegemonia se constrói quando uma classe social pensa o presente de forma coerente e projeta um futuro com outras perspectivas de civilização intelectual e moral, criando uma nova identidade dessa classe. Dessa forma, a hegemonia consiste na capacidade dessa classe social subordinar e coordenar a outra sendo estas aliadas ou inimigas e trazendo para si a liderança política e intelectual.

    Texto [7]
    Como os integrantes do terceiro setor eram os institutos e as fundações ligadas aos grupos empresariais mantidos pela burguesia, e sua ideologia era a da “responsabilidade social empresarial”, eles visavam fortalecer a fragmentação da vida no capitalismo, cujo objetivo era perpetuar os mecanismos de exploração e redefinir a dinâmica da sociedade civil, influenciando, assim, a disseminação da nova pedagogia da hegemonia brasileira, que tinha como interesse restringir a ação da classe trabalhadora frente à ideologia burguesa propagando a sociabilidade burguesa.

    Texto [8]
    O papel do educador é contribuir para a formação de cidadãos críticos, que consigam ver os problemas e questionem sobre eles, não aceitando a dominação da classe burguesa. O educador deve respeitar a diversidade, mas principalmente dar condições iguais aos filhos de trabalhadores e aos filhos da elite sempre, deixando claro os direitos que lhes são assegurados. O papel do educador é contribuir para o fim da pedagogia da hegemonia.

  8. Paula Rocha disse:

    Texto[5]: Quais os interesses e características da Nova Pedagogia da Hegemonia (NPH)?De acordo com os autores a nova pedagogia busca consolidar o poder hegemônico da classe burguesa por meio de uma política que não questiona os fundamentos da ordem social, deste modo, enquanto para Gramsci a sociedade é o palco de luta de classes, para os neoliberais a sociedade é algo além do Estado e do mercado, sendo concebida como um setor privado onde o interesse social universal é dissolvido em interesses particulares corporativos.

    Texto[6]: Minha Apresentação: Em que consiste e como se constitui uma hegemonia?

    Texto[7]: Qual influência do Terceiro Setor na disseminação da NPH brasileira? Sendo a sociedade civil é o lugar onde se travam as lutas de classe, ao transferir para esta a responsabilidade pelas questões sociais, o Estado regulamenta a sociedade como responsável pelos problemas gerados no próprio sistema econômico vigente, consolidando a dominação da classe burguesa. Com essa concepção a sociedade se desagrega, não conseguindo unir a classe dominada numa ação contra hegemônica.

    Texto[8]: Qual o papel do educador frente ao desafio da formação de intelectuais? O papel do educador deve ser o de formar intelectuais capazes de construir a contra hegemonia. Este processo deve ser iniciado na sala de aula. Precisa iniciar-se na formação profissional, capacitando o docente para compreender a relação de força entre as classes, dominante e dominada. A partir desta conscientização, cabe ao professor superar as desigualdades em sala de aula provenientes das questões sociais, respeitando as diferenças, procurando equalizar a inevitável defasagem cultural. O professor deve formar o aluno crítico e reflexivo, capaz de fazer associação entre as esferas mais amplas da sociedade, rompendo com o ideal liberal que exime as contradições sociais como conseqüência do fracasso, transferindo a responsabilidade ao indivíduo.

  9. Monise Matucci disse:

    Texto [5]
    De acordo com o texto, a pedagogia da hegemonia na atualidade consiste em uma nova forma do capital disseminar seus interesses, visando impedir a ação contra-hegemônica, de forma que considera a escola como um lugar privilegiado para esta ação. Deste modo, a pedagogia da hegemonia tem como interesses desenvolver nos indivíduos, por meio de conteúdos e ideologias, a aceitação de que existe uma camada dominante na sociedade. Nesta concepção, a manutenção da ordem social capitalista torna-se mais importante que o próprio desenvolvimento do indivíduo enquanto cidadão.

    Texto [6]
    A hegemonia, segundo Gramsci, consiste na dominação de uma classe social sobre outra, sendo que esta dominante passa a dirigir a sociedade, e se constrói por meio de suas ideologias disseminadas em instituições, tais como a escola, a igreja, a mídia, entre outros. No entanto, para a construção da hegemonia, também deve-se considerar que, na incorporação de suas concepções, necessita ocorrer um processo de alteração no sentido que ela tem para os indivíduos da classe dominada, incluindo neste contexto, de forma mascarada, os interesses deles.

    Texto [7]
    O Terceiro Setor, enquanto conjunto de instituições privadas que possuem parceria com organismos públicos para o desenvolvimento de serviços sociais em diversas áreas, como na educação, influencia em sua organização e no contexto para reestruturar o capitalismo, contribuindo com sua hegemonia. Deste modo, com o objetivo disfarçado de melhorar estas instituições do Estado, há uma difusão dos interesses do capital.

    Texto [8]
    Na sociedade em que vivemos, caracterizada pela difusão da hegemonia capitalista, o papel do educador deve ser o de formar nos indivíduos uma concepção crítica sobre o mundo, ensinando-lhes sobre as diversidades por meio da realidade em que vivem, visando romper com a lógica do capital, e contribuir com a composição da contra-hegemonia. Somente através disso ocorrerá a formação de intelectuais, isto é, indivíduos dotados de uma formação integral, omnilateral, e também a organização de uma sociedade mais justa.

  10. Débora Guerzoni disse:

    Texto 5 –

    A disputa pela hegemonia passa, necessariamente, pela elaboração, articulação e difusão de discursos capazes de ordenar aspirações, sonhos, fantasias projetivas, valores já consolidados, necessidades materiais e simbólicas e projetos coletivos em que os indivíduos se percebam contemplados. A elaboração desses discursos, em suas variações destinadas às diferenciadas frações de classe, é, fundamentalmente, pautada pelo projeto hegemônico, o qual desenha sua matriz e incorpora, de forma desarticulada e re-significada, elementos dos discursos opositores. É na complexidade esse processo que é construída e mantida a hegemonia.

    Texto 6 –

    Para Antonio Gramsci, a hegemonia se constitui como categoria fundante no processo de transformação social, liberando o marxismo e, consequentemente, a ação revolucionária, do materialismo mecanista. Consiste na dominação de uma classe social sobre outra, daí a necessidade de ações contra-hegemonicas. A construção de uma contra-hegemonia burguesa é, para Gramsci, a tarefa primordial a ser feita pela classe trabalhadora na elaboração e ou busca de uma outra filosofia, de um outro senso comum, de uma outra fé e religiosidade que seja guia e norma de conduta numa perspectiva humanizadora. Sendo a hegemonia a capacidade de determinada classe de manter unificado o bloco social por sua ação no campo ideológico, cultural e moral, é necessário que essa classe se apresente capaz de dirigir, de solucionar os problemas da sociedade, de manter articuladas as forças heterogêneas que compõem esse bloco social.

    Texto 7-

    O deslocamento ideológico do neoliberalismo da Terceira Via tem uma significativa força operativa, analisada e discutida pelo autor a partir da compreensão que a repolitização das relações de produção “está se consolidando também por meio das redefinições da relação entre sociedade política e sociedade civil”. Nesse movimento, ganha força a clássica interpretação liberal de que a sociedade civil é o espaço do mercado, das relações de interesse entre sujeitos individuais, enquanto o Estado, no seu sentido estrito, reserva espaço à política, à administração comum dos diferentes interesses, à garantia das propriedades. Para amenizar as possíveis e naturais tensões entre a busca do lucro típica da sociedade civil e o necessário caráter autoritário do Estado, o terceiro setor é aclamado como o espaço próprio do interesse público, das necessidades sociais, da conciliação e do encontro. O neoliberalismo da Terceira Via desconsidera que esse suposto “espaço público” pode ser exatamente “o local da legitimação, da propagação dos ideais, valores e concepções do bloco no poder”. Esse processo vem se efetivando no Brasil, a partir da reforma gerencial do Estado brasileiro iniciada nos anos 90 e a partir de significativas “metamorfoses” experimentadas pelos aparelhos privados de hegemonia, no âmbito da sociedade civil.

    Texto 8 – Minha Apresentação

  11. Cláudia disse:

    Texto (5) Quais os interesses e características da Nova Pedagogia da Hegemonia (NPH)?
    Segundo NEVES (2005), os principais interesses da pedagogia da hegemonia seriam em manter a ordem e as desigualdades sociais, favorecendo sempre a dominação da burguesia sobre a grande massa, bem como, aumentar a produtividade da força de trabalho para continuar sustentando essa mesma sociedade capitalista. Uma das características da Nova Pedagogia da Hegemonia (NPH) seria o uso da escola como meio de implantar formas de dominação de classe, inserindo sentimento de conformidade na classe trabalhadora, conseqüentemente impedindo o aumento do nível de consciência de uma possível contra-hegemonia, mantendo a divisão de classes.

    Texto (6): “Segundo o autor, no que consiste e como se constrói a hegemonia?”
    A hegemonia, segundo o texto, consiste na dominação de uma classe e/ou grupo social sobre outra, por meio de reprodução de valores, adotando um respectivo modelo como o ideal ou correto. Ideologias transmitidas por instrumentos de acesso das grandes massas, como a escola, a igreja e a mídia que reproduzem estes valores impondo sua uma liderança política, econômica e social, com ações e relações que favoreçam somente o grupo que domina.
    Texto (7): Qual influência do Terceiro Setor na disseminação da NPH brasileira?
    A influência do Terceiro Setor na disseminação da Nova Pedagogia da Hegemonia (NPH) brasileira seria na manutenção de divisão de classes, na escola, por exemplo, as concepções neoliberais de incentivo ao individualismo e a competitividade, são disseminadas por meio de currículo e/ ou material didático. No processo de repasse da responsabilidade de políticas sociais do Estado à sociedade civil, como a empresas interessadas em formar cada vez mais mão de obra visando somente sustentar os interesses capitalistas.

    Texto (8): Qual o papel do educador frente ao desafio da formação de intelectuais?
    O papel do educador frente ao desafio da formação de intelectuais, em uma sociedade com base capitalista, seria um esforço muito grande. Privilegiando somente a classe dominante, desde a mais tenra idade, o aluno de classe trabalhadora freqüenta escolas, onde há vários problemas como: má formação de professores, onde os conteúdos são impostos de cima para baixo, por meios de mecanismos para mantê-lo em sua devida classe social, bem como se conformar em praticar sua “cidadania”, somente como um bom trabalhador e consumidor. Enquanto que a criança de família mais a abastada financeiramente, possui uma educação que visa na sua formação intelectual, a manutenção do controle e do poder sobre a classe dominada. Sendo assim um professor que desafia a ir contra este sistema capitalista teria que praticamente sozinho, construir uma estratégia de contra-hegemonia, inserindo em seus alunos noções críticas de divisão de classe, contribuindo para que o mesmo possa refletir sobre as práticas e as ideologias dominantes, bem como as desigualdades existente na sociedade em que está inserido, buscando a superação dessas diferenças na construção de gerações que possam ser mais atuantes. Visando reduzir o individualismo, prevalecendo os interesses da coletividade, para uma possível transformação desta sociedade.

  12. Jéssica Carla disse:

    Pergunta 1 – Apresentação de seminário.

    2 – A terceira via foi um projeto político considerado de esquerda, em meados dos anos 90, que foi pensada para reverter os efeitos negativos do neoliberalismo e reformular a política do capitalismo, deste modo, entretanto, o que realmente se verifica é um política centrada para manter o sistema capitalista e trabalhar a favor dos interesses deste. Se contradiz quando defende as ideias de mercado – ideia neoliberal e quando minimiza as contradições existentes no capitalismo. Contribui para a Pedagogia da Hegemonia – no qual prevalece um poder sobre o outro – no qual pretende fundar uma nova cultura cívica, reorganizando a sociedade civil, para que consolide a coesão social, o empreendorismo social e a ação voluntária dos individuos.

    3- É complicado falar em papel do professor, visando a imposição do Estado sobre as instituições de ensino, em difundir o sistema em vigor. O professor deve ser consciente para formar indivíduos com pensamentos críticos, para que não sejam alienantes sobre os aspectos que os cercam. O educador deve propagar o cooperativismo, a ética, entre outros, ou seja, formando seres democráticos para atuar em uma sociedade não-democrática.

  13. Adriana Pazianoto disse:

    TEXTO 5 – Segundo vimos, a pedagogia da hegemonia consiste numa maneira diferente e nova do capital expandir seus interesses, com o intuito de impedir que a contra-hegemonia aja, e considerando a instituição escolar como um local privilegiado para que aconteça essa ação. Por isso, a pedagogia da hegemonia se interessa no desenvolvimento do indivíduo através de ideologias e conteúdos, a aceitação de que existe uma camada na sociedade que é dominante. Portanto, a manutenção da ordem capitalista se faz muito importante, mais até que o próprio desenvolvimento do se humano enquanto cidadão.
    TEXTO 6 – A hegemonia se constitui quando uma classe social reflete sobre o seu presente de forma coerente e projeta o futuro com perspectivas de uma civilização moral e intelectual, formando uma nova identidade desta classe. Portanto, a hegemonia consiste na capacidade dessa classe social subordinar e comandar a outra, sendo elas aliadas ou inimigas, e de grande ganho, conseguindo para si a liderança intelectual e política.
    TEXTO 7 – Os integrantes do chamado terceiro setor eram os institutos e as fundações ligadas a grupos empresariais sustentados pela classe burguesa, e sua ideologia era a da “responsabilidade social empresarial”. Então eles procuravam fortificar a fragmentação da vida no capitalismo, no qual o objetivo era eternizar os mecanismos de exploração e redefinir a dinâmica da sociedade civil, influenciando dessa forma, a disseminação dessa nova pedagogia da hegemonia brasileira, que buscava restringir a ação da classe proletariado frente à ideologia burguesa propagando a sociabilidade burguesa.
    TEXTO 8 – Na atual sociedade, marcada pela difusão da hegemonia capitalista, a principal função do educador deve ser o de formar em cada indivíduo uma idéia crítica sobre o mundo e sobre a sociedade, de forma que consigam saber sobre as diversidades por meio da realidade em que vivem, procurando acabar com a lógica do capital, e assim, contribuir com a composição da contra-hegemonia. É apena através disso que ocorrerá a formação de verdadeiros intelectuais, ou seja, indivíduos que possuem uma formação integral, omnilateral, e organização justa de uma sociedade.

  14. Letícia disse:

    Texto 5 – minha apresentação

    6 – No que consiste e como se constroi a hegemonia?
    A hegemonia é o “poder” que a classe dominante exerce sobre as outras e a partir disso ela se consiste na subordinação trabalhista, de forma a dominar os grupos impondo ordens e situações. Se constroe na incorporação de concepções de forma mascarada que chama a atenção dos grupos desfavorecidos por causa desta característica e assim exerce seu papel alienador e propagador das diferenças sociais.

    7 – Qual a influencia do terceiro setor na disseminação da nova pedagogia da hegemonia brasileira?
    Estes possuindo parcerias com instituições públicas influencia na estruturação e manutenção do capitalismo o que contribui assiduamente com a hegemonia, por isso as ordens públicas possuem características de difusão deste modelo desfavorecido influenciando o capitalismo.

    8 – Qual o papel do educador frente ao desafio da formação de intelectuais?
    A partir dessas concepções o professor deve favorecer as classes por meio das diversidades e diferenças e assim mostrando a totalidade e não favorecendo a hegemonia, pois o trabalho humaniza o indivíduo e rompendo com a lógica do capital este tem oportunidade de abrir o conhecimento e não alienar-se.

  15. Andreia Fidelis disse:

    Texto 5. “Quais os interesses e características da Nova Pedagogia da Hegemonia (NPH)?”
    O único interesse dessa pedagogia da hegemonia resume -se em reprodução, reforçar e legitimar os interesses da classe dominante o qual é de não proporcionar aos dominados uma educação que forme um cidadão crítico, capaz de pensar e analisar a sua realidade. Portanto promove a alienação em massa e impede uma ação contra hegemônica, pois com esse tipo de formação recebida a classe dominada não possuirá embasamento teóricos para perceberem a essa hegemonia que são submetidos. Vale ressaltar que também existe um intuito de proporcionar uma educação que maximize a força de trabalho para que se tornar cada vez mais produtiva a fim de manter a ordem capitalista.

    Texto 6. “Segundo o autor, no que consiste e como se constrói a hegemonia?”
    A hegemonia consiste na dominação ideológica e intencional coordenada por uma classe sobre a outra, a fim de manter -se no controle. Utiliza-se de diversos aparelhos ideológicos dos quais podemos citar a escola. A classe burguesa é adepta a essa prática de dominação, muitas vezes de forma mascarada da grande massa .

    Texto 8. Qual o papel do educador frente ao desafio da formação de intelectuais?
    A resposta é pessoal.
    O seu papel é primordial para que possamos ter uma sociedade pensante, capaz de olhar para a sua realidade e criticá-la, contestá-la e ter a capacidade de transformar-la. Porém, é necessário que esse educador seja também capaz de fazer isso. Entãpo deverá investir em sua própria formação continuada que não seja oriunda de ideologias hegemônicas burguesas, pois seria o mesmo que trocar seis por meia dúzia. Tendo uma formação sólida esse profissional será capaz de refletir sobre sua prática docente e saberá distinguir o momento em que ela está se tornando um meio de dominação burguesa.
    É o momento de dizer: “ Não vou repassar isso, não serei adepto a essa ideologia sórdida.” E fazer valer a pena as horas que seu aluno passa na escola.

  16. Silvana Teles disse:

    Texto 5 – Quais os interesses e características da pedagogia da hegemonia?
    A pedagogia da hegemonia desenvolvida pelo Estado capitalista tem ações concretas na aparelhagem estatal e na sociedade civil. Essa pedagogia tem como interesse ampliar os direitos sociais, para assim obter o apoio da população ao projeto burguês de sociabilidade, aumentando assim a produtividade da força de trabalho; podendo assim impedir que a classe trabalhadora ultrapasse o nível econômico-corporativo de organização das suas lutas sociais.

    Texto 6 – Segundo o autor, no que consiste e como se constrói a hegemonia?
    A hegemonia consiste na subordinação de um determinado grupo social sobre outro, ou seja, os interesses dos dominadores se sobrepõem aos dominados, que aceitam com facilidade essas condições, pois são “mascaradas” através das ideologias pregadas.

    Texto 8 – Qual o papel do educador frente ao desafio da formação de intelectuais?
    O principal papel do educador é o de contribuir com o fim da pedagogia da hegemonia, formando alunos críticos quanto à realidade atual, formando intelectuais que questionem a situação real em que vivem, que lutem por uma sociedade igualitária e mais justa.

  17. Juliana Constâncio disse:

    Texto[5]: Quais os interesses e características da Nova Pedagogia da Hegemonia (NPH)?

    A Nova Pedagogia da Hegemonia tem a intenção de legitimar a dominação da classe burguesa sobre a classe trabalhadora por meio da escola e da difusão da ideologia hegemônica capitalista. O trabalho pedagógico, embasado na ampliação dos direitos sociais, aliena e desestimula a organização da classe trabalhadora para a construção de uma contra-hegemonia. Além disso, prepara o aluno para seu futuro papel como trabalhador dentro do sistema capitalista atual, caracterizado pela reestruturação produtiva. Desse modo, alcança-se o consenso e a conseqüente reprodução da sociabilidade capitalista contemporânea.

    Texto[6]: Em que consiste e como se constitui uma hegemonia?
    A hegemonia se constitui a partir do momento em que uma classe social domina econômica e ideologicamente outra classe. Essa dominação se constitui por meio do uso de determinadas instituições sociais (sendo a escola uma das principais) para disseminar os valores característicos da classe dominante, de modo que tais valores passem a ser compartilhados e legitimados também pela classe dominada. Desse modo, o consenso é a grande arma na legitimação da hegemonia.
    Texto[7]: Qual influência do Terceiro Setor na disseminação da NPH brasileira?
    A partir do momento da instauração da Terceira Via no Brasil, o Estado se afastou cada vez mais das questões sociais, que acabaram nas mãos das instituições do terceiro setor ou ONGs. Essas instituições disseminam valores como responsabilidade social, filantropia e voluntariado e fortalecem a idéia de que a própria sociedade é responsável pela solução dos problemas causados pelo sistema capitalista vigente. Na maioria das vezes, tais instituições são financiadas pelo empresariado, o que faz com que elas sirvam aos seus interesses. A conseqüência é a fragmentação dos movimentos sociais, pois cada ONG trabalha em prol de um determinado problema social, visto individualmente e fora do contexto social em que ocorre. Tal fragmentação, juntamente com o financiamento da classe empresarial dominante, serve à disseminação da hegemonia capitalista ao legitimar a desarticulação e a alienação da classe dominada.
    Texto[8]: Qual o papel do educador frente ao desafio da formação de intelectuais?
    De acordo com Gramsci, a formação de intelectuais orgânicos, ou seja, ligados diretamente à classe trabalhadora, é condição primordial para a construção do projeto contra-hegemônico e a superação da sociedade capitalista hegemônica. Essa formação deve ocorrer na escola e, para que seja possível, o educador deve estar ciente da estrutura social capitalista baseada na exploração de uma classe social sobre outra e na contradição existente na relação entre tais classes. Desse modo, ele será capaz de levar o aluno a questionar essa estrutura social, a fazê-lo perceber que o capitalismo não é a única maneira de organização social, por mais que se tente legitimar esse pensamento. Somente assim esse aluno poderá construir uma nova maneira de pensar a sociedade, igualitária e justa, a favor da classe dominada e não mais da classe dominante.

  18. Michelle Azevedo disse:

    Texto 5: Quais os interesses e características da pedagogia da hegemonia?
    De acordo com o texto, este modelo de pedagogia remete-se a simplesmente reproduzir e reforçar os interesses da classe burguesa que significa o de impedir que o dominados não alcance um nivel critíco e a capacidade de pensar sobre sua própira condição de vida e de existência. Mantendo este estado de dominação, o trabalhador não ve outra saída sem ser aquela no qual está sendo submetido, pois é este o objetivo a ser alcançado pela pedagogia da hegemonia.

    Texto 6: Segundo o autor, no que consiste e como se constrói a hegemonia? A teoria da hegemonia consiste em propagar seus iedais de forma dominante e nunca contestada, controlando o máximo os saberes da classe dominada. Sendo assim, a hegemonia se constrói quando um grupo de pessoas , por exemplo elaboram conceitos e criam novas formas de vivier em scoiedade e com isso faz-se impor a classe dominada, sendo tão forte que os impede de refletir sobre tal condição.

    Texto 7: Qual a influência do terceiro setor na disseminação da nova pedagogia da hegemonia brasielira?
    No início da década de 90, o teerceiro setor diz respeito aos grandes investidores e empresários e a posição do Estado que de certa forma se aproveitou dessa condição da política de terceria via na intençaõ de solucionar a crise vivenciada no sistema economico. Com esse apoio, viu-se a oportunidade de tentar amenizar esta situação na qual estava envolvido o Estado. O papel a ser desenvolvido, por estes investidores era a de desenvolver ações que visassem a profissionalização dos travbalhadores no sentido apenas para o mercado de trabalho e fortalecendo o poder dos investidores, donos do capital transferido para estes setores.

    Texto 8: Qual o papel do educador frente ao desafio da formação de intelectuais?
    A principal funçaõ deste educador que também está inserido neste setor, diz respeito para contribuir com o fim deste condição de pedagogia da hegemonia. O professor enquanto educador deve proporcionar aos seus alunos, o senso crítico em relação ao seu papel frente a sociedade; podendo oferecer a eles uma consciência de que é possivel mudar este estado de ser, e este educador deve oferecer instrumentos necessários para que isto venha acontecer.

  19. Andréa Petreca disse:

    Texto [5] – Quais os interesses e características da Nova Pedagogia da Hegemonia (NPH)?

    A Nova Pedagogia da hegemonia visa manter a estabilidade dos interesses burgueses ao mesmo tempo em que “domina” a classe trabalhadora de modo com que ela não perceba o que está acontecendo, numa forma de alienação. Assim sendo, a classe trabalhadora, conformada com sua situação, não exercerá seu direito e os cidadãos não atuarão como participantes da política de seu Estado. Dessa forma, o indivíduo atua como mero cumpridor de funções, e a burguesia continua na dominação explorando a classe subalterna e privando-a do exercício da cidadania. A escola seria, nesse sentido, a própria reprodução do sistema capitalista, “educando” para o mercado, ou seja, formando operários para a burguesia, alienando os alunos e fortalecendo o domínio da classe burguesa. Assim sendo, a contra-hegemonia não ocorre na instituição de ensino.

    Texto [6] – Segundo o autor, no que consiste e como se constrói a hegemonia?

    Sabendo que a nova pedagogia hegemônica visa manter os interesses burgueses ao mesmo tempo em que a classe dominada permanece alienada e conformada com sua situação, ela é constituída a partir de sua ideologia, que é difundida através de grandes instituições, dois grandes exemplos são a igreja e a escola, que acabam impondo a ideologia e alienando os “telespectadores”, que acabam conformados com a situação de dominados. Uma vez que não há o “conhecimento real” da realidade e de direitos e deveres, o trabalhador não questionará sua situação e, menos ainda, o sistema político e econômico presente em sua sociedade.

    Texto [7] – Qual influência do Terceiro Setor na disseminação da NPH brasileira;

    De acordo com o interesse da NPH em manter os interesses burgueses ao mesmo tempo em que a classe dominada permanece alienada e conformada com sua situação, o terceiro setor influencia uma vez que comanda a divisão de classes, disseminando tal modelo fazendo com que o individualismo e competitividade no mercado de trabalho fique cada vez maior, característica fortemente relacionada ao sistema capitalista.

    Texto [8] – Minha apresentação – Sobre a formação de intelectuais.

  20. Susa Karen disse:

    Texto (5): “Quais os interesses e características da pedagogia da hegemonia?”

    A pedagogia da hegemonia tem interesse em reproduzir e reforçar a dominação burguesa sobre a classe trabalhadora, de modo que esta não tenha uma participação ativa na política do Estado, pois não consegue desenvolver a criticidade necessária para perceber sua condição de dominado e lutar para mudar essa ordem social.

    Texto (6): “Segundo o autor, no que consiste e como se constrói a hegemonia?”

    A hegemonia consiste na dominação de uma classe sobre a outra e ela se constrói a partir da difusão da ideologia dominante por meio de instituições como a escola, que reproduzem a ideia da classe dominante, sendo responsável pela conservação dessa classe no poder.

    Texto (7): “Qual a influência do terceiro setor na disseminação da nova pedagogia da hegemonia brasileira?”.

    O terceiro setor, formado por institutos e fundações ligados a grupos empresariais, a partir da ideia de “responsabilidade social” e em parceria com instituições públicas, acabam por fortificar a fragmentação da vida capitalista, de modo a acentuar o individualismo e a competitividade no mercado.

    Texto (8) minha apresentação.

  21. Renata Luiza disse:

    Texto [5] Quais os interesses e caracteristicas da Nova Pedagogia da Hegemonia?
    A escola aparece como veículo para legitimar a dominação da classe dominante sobre a dominada, utilizando o trabalho pedagógico, aliena e desistrutura a organização da classe trabalhadora, buscando a construção da contra-hegemonia, criando um novo individuo e construindo nele a capacidade necessária para a construção capitalista. Assim a Pedagogia da Hegemonia, amplia os direitos sociais inculcando nos indivíduos a aprovação desses direitos , fazendo de maneira subestimada, aumentar a produtividade da força de trabalho limitando o nível de consciência política da classe trabalhadora.

    Texto [6] Em que se consiste e como se constroí a Hegemonia?
    Consiste na disseminação de seus ideiais, reproduzindo os interesses da classe dominante provocando portanto a dominação como objetivo almejado pela Pedagogia da Hegemonia.

    Texto [7] Qual a influência do Terceiro Setor na disseminação da Nova Pedagogia da Hegemonia brasileira?
    O Estado repassa para o Terceiro Setor muitas de suas responsabilidades sociais, em consequência as instituições repassam também muitos de seus valores para os indivíduos da sociedade, fortalecendo a ideía de que todos os cidadãos devem acatar soluções para os problemas que foram causados pelo capitalismo. O texto nos traz então, que essas instituições que assumem questões sociais em contra partida de financiamento do empresariado dissemina seus interesses contribuindo para a fragmentação dos movimentos sociais, dissemina a hegemonia capitalista, desarticula e aliena os trabalhadores que se dispõem de suas forças de trabalho.
    [8] Qual o papel do educador frente aos desafios da formação dos intelectuais?
    O papel do educador em sala de aula, seria destituir a Pedagogia da Hegemonia, buscando formar cidadãos críticos capazes de irem contra a passividade social não aceitando a dominação da burguesia, construindo assim, uma sociedade que respeite e amplie os direitos sociais.

  22. Luciana Ciencia Apostolo disse:

    Texto [5] Quais os interesses e caracteristicas da Nova Pedagogia da Hegemonia?
    A Nova Pedagogia da Hegemonia tem a intenção de legitimar a dominação da elite sobre a classe trabalhadora por meio da escola e da difusão da ideologia hegemônica, alienando e desestimulando a organização da classe trabalhadora para a construção de uma contra-hegemonia. A escola tem a finalidade de reproduzir o sistema capitalista, prepara o aluno para seu futuro papel como trabalhador dentro do sistema capitalista atual. Dessa forma, o sistema se mantém, pois esses alunos serão educados para esse fim, reprodução do sistema capitalista, favorecendo assim o não surgimento de uma contra-hegemonia.
    Texto [6] – Segundo o autor, no que consiste e como se constrói a hegemonia?
    Consiste na capacidade de determinado grupo controlar, de acordo com seu interesse e ideologia, outros grupos por meio de reprodução de valores, adotando um respectivo modelo como o ideal. Essa dominação se constitui por meio do uso de determinadas instituições sociais tendo a escola como veículo de maior importância para disseminar os valores característicos da classe dominante, fazendo com que esses valores passem a ser compartilhados e legitimados pela classe dominada.
    Texto[7]: Qual influência do Terceiro Setor na disseminação da NPH brasileira?
    A influência do Terceiro Setor na disseminação da Nova Pedagogia da Hegemonia (NPH) brasileira seria na manutenção de divisão de classes
    Uma forma que o capital encontrou para superar a crise e manter a hegemonia sobre a classe trabalhadora. O terceiro setor acabou por conseguir dirigir as ações politicas e culturais da sociedade mantendo o interesse burgues é constituído por organizações privadas sem fins lucrativos , mantendo o interesse da classe dominante.
    Texto[8]: Qual o papel do educador frente ao desafio da formação de intelectuais?
    Contribuir com o fim da condição da pedagogia da hegemonia.
    Formar em cada indivíduo uma idéia crítica sobre o mundo e sobre a sociedade, de forma que consigam saber sobre as diversidades por meio da realidade em que vivem, procurando acabar com a lógica do capital, e assim, contribuir com a composição da contra-hegemonia. Só assim acontecerá a formação de verdadeiros intelectuais.

  23. Bárbara disse:

    - Quais os interesses e características da pedagogia da hegemonia?

    A pedagogia da hegemonia traz interesses e características próprios do projeto burguês, onde além de ter interesse em inserir, aumentar os direitos sociais das pessoas, há o interesse em fazer com que essas apenas aprovem as atitudes burguesas e continuem em uma “alienação”, que as pessoas não tenham consciência do que realmente se passa no cenário social, burguês e capitalista.

    - No que consiste e como se constrói a hegemonia?

    A hegemonia se consiste na relação de dominação entre um grupo e outro, entre os dominados e os dominantes, que acabam por utilizar diversas teorias ideológicas e acabam por ficar “camuflados” entre tantas ações e situações presentes nos campos ideológicos.

    - Qual influência do Terceiro Setor na disseminação da NPH brasileira?

    O Terceiro Setor tem influencia na Pedagogia da Hegemonia brasileira de forma que mantém a estrutura e manutenção do capitalismo, procurando sempre minimizar a participação da classe operaria, e fortalecendo assim mecanismos de exploração sobre os dominados, sempre sustentando os interesses capitalistas.

    - Qual o papel do educador frente ao desafio da formação de intelectuais?

    Falar sobre o papel do educador frente ao desafio da formação de intelectuais não é uma abordagem simples e fácil, pois muito pode-se dizer, como pouco também. O professor deve ser consciente e saber que ensinar requer utilizar-se de teorias que formem um cidadão critico, que possa enfrentar e entender uma sociedade capitalista, não favorecendo a pedagogia da hegemonia, assim as pessoas podem ter uma noção e um visão da sociedade atual, e lutar por igualdades e uma sociedade mais justa.

  24. Damires disse:

    5) Quais os interesses e características da pedagogia da hegemonia?
    A pedagogia da hegemonia mantém a ordem burguesa capitalista, desse modo ela se perpetua em nossa sociedade. De forma que o povo se tornem meros reprodutores dessa ideologia , sem consciência de que está sendo controlado por uma ideologia, e nem tenham noção de como poderia reverter essa situação. Pois a escola que deveria ser o grande diferencia se torna mais uma aliada nas mão do governo.

    6) Segundo o autor, no que consiste e como se constrói a hegemonia?
    A hegemonia consiste na capacidade de determinado grupo controlar, de acordo com seu interesse e ideologia, outros grupos. Exemplo disso é o poder do capital em quem tem mais domina a classe dos que tem menos.

    7) Qual a influência do Terceiro Setor na disseminação da Nova Pedagogia da hegemonia brasileira?
    O terceiro setor é conhecido como aquele que acaba se responsabilizando pelos papel sociais do governos , assim as ONGs , à filantropia, e os serviços voluntariado. Seria uma forma de superação tanto do neoliberalismo quanto do socialismo; pois certas responsabilidades e problemas seriam transferidos para a sociedade. Porém, esta é mais uma forma de disseminação da ideologia burguesa para a manutenção do capitalismo.
    8)Qual o papel do educador frente ao desafio da formação de intelectuais?
    O educador tem uma grande missão frente a essa educação hegemônica, pois seu papel é contribuir para o fim da pedagogia da hegemonia. Ele deve, no ambiente escolar, ter a consciência de sua condição como sujeito ativo no contexto social em que está inserido para poder transmitir essa idéia aos seus alunos, colaborando para uma formação integral, com fortes bases críticos, para que enxerguem os problemas e passem a questionar; não excluindo e fazendo com que os menos privilegiados perpetuem o sistema hegemônico.

  25. Tânia disse:

    Texto [5]
    Os principais interesses desta Pedagogia, é evitar que determinada massa proletária (formada por negros, índios, sem-terras, homossexuais, etc) entrem em conflito entre si e com o Estado. Inicia-se então o processo da pedagogia da hegemonia, que tem como objetivo desenvolver um novo conceito de responsabilidade social, inserindo a sociedade civil como executor de políticas sociais e exonerando o Estado do dever de cumpri-las. Ela se caracteriza pelas suas classes dominantes que se dão num quadro em que predomina a chamada pequena política, que, para Gramsci, denota a ação política que evita por em questão os fundamentos da ordem social.

    Texto [6]
    O terceiro setor é constituído por organizações sem fins lucrativos e não governamentais, que tem como objetivo gerar serviços de caráter público. Porém, ele exerce influencia na pedagogia através da divisão de classes e disseminação do modelo que faz com que o individualismo e competitividade no mercado de trabalho fique cada vez maior.

    Texto [7]
    Fundamental, de extremo valor. Porém, o peso sobre suas costas é grande e para se obter êxito em seu trabalho, o educador deve investir em sua formação, buscar mais e mais capacitação para a realização de seu trabalho.

  26. Rafael disse:

    marooned@palpably.reproducibility” rel=”nofollow”>.…

    tnx for info!…

  27. fred disse:

    diagonals@transpirating.tenement” rel=”nofollow”>.…

    áëàãîäàðþ!…

  28. francis disse:

    informing@bright.arbitrate” rel=”nofollow”>.…

    ñïñ!…

  29. douglas disse:

    lancret@thousands.incessant” rel=”nofollow”>.…

    thank you!…

  30. paul disse:

    fistoularis@sx.twentieth” rel=”nofollow”>.…

    áëàãîäàðþ!…

  31. Oliver disse:

    morgan@paraphrase.morphology” rel=”nofollow”>.…

    ñïàñèáî çà èíôó!…

  32. Mario disse:

    cows@binuclear.conspiratorial” rel=”nofollow”>.…

    ñýíêñ çà èíôó!…

  33. jeffery disse:

    paces@shorelines.jerked” rel=”nofollow”>.…

    good….

Deixar um comentário