Bom Dia Caros Alunos! Tudo bem?

A Assessoria de Relações Externas da Unesp (AREX-UNESP) solicita ampla divulgação da mensagem abaixo. Saudações, Prof. Fábio Fernandes Villela.

Os ministérios de Educação e de Ciência e Tecnologia discutiram, em reunião com reitores de universidades brasileiras, detalhes sobre o programa Ciência sem Fronteiras, que distribuirá 75 mil bolsas de graduação, doutorado e pós-doutorado para estudos e pesquisa no exterior até 2014.

A seleção de bolsistas será realizada pelas universidades com base no mérito do candidato e no projeto a ser desenvolvido em instituição no exterior. Maiores detalhes deverão ser anunciados ainda neste mês de junho.

As Pró-Reitorias e a Arex da UNESP, recomendam à comunidade que:

1) Realizem ampla divulgação do programa Ciência sem Fronteiras junto a seus alunos de graduação, pós-graduação, pesquisadores e docentes,como oportunidade para a internacionalização;

2) Estimulem o domínio de idiomas estrangeiros para o máximo aproveitamento de um eventual período de estágio e formação no exterior;

3) Busquem parceiros em instituições no exterior com potencial para realizar efetiva interação em projetos de formação de graduação e pós-graduação, de pesquisa e de extensão e desenvolvimento científico e tecnológico;

4) Especial atenção seja dada às seguintes áreas prioritárias do programa:

o Engenharias o Ciências Exatas e da Terra;

o Ciências da Computação e Tecnologia

o Ciências da Saúde e Biomédica;

o Tecnologia da Informação;

o Aeroespacial;

o Farmacêutica; o Produção Agrícola Sustentável;

o Química Verde;

o Petróleo, Gás e Carvão;

o Energia;o Minerais;

o Biotecnologia;

o Nanotecnologia e Novos Materiais;

o Mudanças Climáticas;

o Biodiversidade;

o Ciências do Mar;

o Inclusão Produtiva e Tecnologias Sociais;e

o Habitação e Saneamento.

Maiores informações na AREX – UNESP: http://www.unesp.br/arex/index_cat3_areas.php

 

3 Comentários “Bolsas para Estudos e Pesquisas no Exterior do Programa Ciências sem Fronteiras”

  1. Saulo disse:

    Professor Fabio,

    Em qual categoria ou área de trabalho descrita no site e neste informe nós, alunos de pedagogia, poderiamos contribuir para fazer este trabalho?

    Grato pela atenção, Saulo

    • Boa Noite Saulo! Tudo bem?

      A pedagogia poderia se encaixar em “Tecnologia da Informação – TI” (EADs por ex., ou mesmo blogs) e “Inclusão Produtiva e Tecnologias Sociais” (para pedagogos que trabalham com cooperativas ou cooperativismo). Abraço, Prof. FFV.

      • Ádma disse:

        Boa noite, caro prof. Fábio Fernandes,

        Estudo Administração Pública, em que área me encaixo? Vi que o destino Portugal está bastante concorrido pelos estudantes brasileiros, talvez devido à facilidade do idioma. Seria interessante para nós estudarmos Ciência Política, ou Ciências Econômicas neste ou nos outros países participantes.
        Obrigada, abraços.
        Ádma.

Deixar um comentário